O CAMINHO DA SERPENTE

"Reconhecer a verdade como verdade, e ao mesmo tempo como erro; viver os contrários, não os aceitando; sentir tudo de todas as maneiras, e não ser nada, no fim, senão o entendimento de tudo [...]".

"Ela atravessa todos os mistérios e não chega a conhecer nenhum, pois lhes conhece a ilusão e a lei. Assume formas com que, e em que, se nega, porque, como passa sem rasto recto, pode deixar o que foi, visto que verdadeiramente o não foi. Deixa a Cobra do Éden como pele largada, as formas que assume não são mais que peles que larga.
E quando, sem ter tido caminho, chega a Deus, ela, como não teve caminho, passa para além de Deus, pois chegou ali de fora"

- Fernando Pessoa, O Caminho da Serpente

Saúde, Irmãos ! É a Hora !


sábado, 28 de junho de 2008

“Philosophical counseling and the philosophical life"

«In recent years, in the world of philosophical practice, attention has beenbuilding towards the dimension of the "philosophical life", that is to say a life guided by that which some would call a "search for wisdom", others "the art of life", others still "the ability to know how to live" (lebenskönnerschaft). On several levels, the view has been that the professional practice of philosophy is hard to imagine without a connection to the personal practiceof philosophy as a “life style”.In this Ninth International Conference on Philosophical Practice,we would like to explore from an international viewpoint the relationship between the professional aspect and the “philosophical life”and to draw a picture about the actual state of affairs.»

mais informação em: http://www.carloforte2008.eu/index.htm

2 comentários:

Paulo Borges disse...

Muito interessante esta busca de recentrar a filosofia no que ela começou por ser, um "modo de vida", com uma componente fundamentalmente prática, antes de se extraviar do concreto no plano das abstracções conceptuais e do exemplo de vida sábia na erudição intelectual e livresca.
Vejam-se as obras fundamentais de Pierre Hadot sobre a filosofia antiga, cujas posições se sintetizam na longa entrevista publicada em "La philosophie comme manière de vivre".

observadora disse...

Pois... rareiam os filó-sofos, os amantes da sabedoria, e abundam professores e estudantes de filosofia... A escola, os exames e os canudos substituíram-se à comunidade de vida em busca do que mais importa...