O CAMINHO DA SERPENTE

"Reconhecer a verdade como verdade, e ao mesmo tempo como erro; viver os contrários, não os aceitando; sentir tudo de todas as maneiras, e não ser nada, no fim, senão o entendimento de tudo [...]".

"Ela atravessa todos os mistérios e não chega a conhecer nenhum, pois lhes conhece a ilusão e a lei. Assume formas com que, e em que, se nega, porque, como passa sem rasto recto, pode deixar o que foi, visto que verdadeiramente o não foi. Deixa a Cobra do Éden como pele largada, as formas que assume não são mais que peles que larga.
E quando, sem ter tido caminho, chega a Deus, ela, como não teve caminho, passa para além de Deus, pois chegou ali de fora"

- Fernando Pessoa, O Caminho da Serpente

Saúde, Irmãos ! É a Hora !


quinta-feira, 31 de julho de 2008

Uma paciência selvagem trouxe-me até aqui (Adrienne Rich)

...e uma impaciência não menos selvagem me leva daqui, para as falésias de Odeceixe, para traduzir os ensinamentos do Dalai Lama sobre Nagarjuna em Nantes, para falar de Eckhart, Longchenpa e Fernando Pessoa em São Paulo e de Vieira em Belo Horizonte.

Para quando a paz e o agir não agindo a que exorto!? Para quando ter juízo!? Para quando não perguntar mais para quando!?

Estarei felizmente quase sempre desligado da net durante o mês de Agosto e desejo-vos serenas inquietações, sábia loucura e doce e terno e amoroso e feliz Despertar!

Abraços

Paulo

12 comentários:

Paulo Feitais disse...

Não vês que é assim mesmo que te entregas a essa errância a que tanto almejas? E parte que, da minha parte, fico feliz na antecipação do que da tua partida resultará! :)

Tamborim disse...

Boas verves e alento sempre!Por mim vou fugir para a Sicília e ainda armo tenda nas enconstas do Stromboli para sempre, pois o cansaço, a exaustão e a selvagem/psicótica/destrambelhada impaciência que nesta recta final pré-férias também se apodera de mim ameaça tornar-me uma bombista homicida de causa duvidosa!
Perdoem o desabafo.

Ana Margarida Esteves disse...

Umas excelentes ferias Paulo:-)!

Um abraco amigo,

A

Isabel Santiago disse...

Eu cá se pudesse ia com Tamborim. Por causa da Sicília, e bombista só por outras razões...risos!

Boas férias.

saudadesdofuturo disse...

Paulo,

Tu mereces aquelas paisagens, onde já estive há bem pouco, e todas as paisagens do mundo.Bom repouso.

Eu também queria ir para a Sicília, tenho lá a minhas raízes, nessa pátria que nunca visitei. Um dia será.

platero disse...

férias boas,um abraço

Gente louca?

há felizmente

e não é pouca

Tamborim disse...

Diacho, vamos todos para a Sicília!Vou sozinha de mochila, e prometo trazer uma foto bonita para todos.
Beijinhos

Anónimo disse...

o professor é o maior! :)

Anónimo disse...

Que engraçado! No ano passado, a Regaleira levou-me até ao curso de Introdução à Filosofia Budista... Uma filha dança todas as noites, agora, na Regaleira.... e o Paulo tem como destino o lugar preferido e quase mítico da minha família e meu 'lugar da paz', há mais de 10 anos!!!
Boas férias (???) !!
Ana Rolim

T.A. disse...

Boas férias e um bocadinho de descanso também.
Beijinho!

Coração Selvagem disse...

Boas férias acompanhado do sagrado selvagem com toda a sua fúria... eivadas de "sábia loucura"...

Não Perguntes à Razão disse...

Tantas interrogações, Paulo!
Segue a intuição, esquece a razão... e que todo o resto se dane! Talvez aí sossegues e desfrutes duma "sábia loucura e doce e..." boas férias. "Sê tu mesmo". Como tu mesmo dizes... Sempre.
Abraço-te.