O CAMINHO DA SERPENTE

"Reconhecer a verdade como verdade, e ao mesmo tempo como erro; viver os contrários, não os aceitando; sentir tudo de todas as maneiras, e não ser nada, no fim, senão o entendimento de tudo [...]".

"Ela atravessa todos os mistérios e não chega a conhecer nenhum, pois lhes conhece a ilusão e a lei. Assume formas com que, e em que, se nega, porque, como passa sem rasto recto, pode deixar o que foi, visto que verdadeiramente o não foi. Deixa a Cobra do Éden como pele largada, as formas que assume não são mais que peles que larga.
E quando, sem ter tido caminho, chega a Deus, ela, como não teve caminho, passa para além de Deus, pois chegou ali de fora"

- Fernando Pessoa, O Caminho da Serpente

Saúde, Irmãos ! É a Hora !


quinta-feira, 28 de agosto de 2008

Só perguntaste para saber...
É claro.
Fizeste muito bem.
Há criaturas que perguntam
para não saber.
Fernando Pessoa
in Quaresma, Decifrador

14 comentários:

Anita Silva disse...

e ainda outras que perguntam sabendo que o não saber é a terra onde se semeia o saber... como as crianças, inatamente.*

Anónimo disse...

Lixo.

Fico perplexo Anita. És educadora de infância ou queres ser mãe? Ou é alguma tendência pedófila? Faria sentido, as religiões orientais são todas um pretexto para a pedofilia.

Anónimo disse...

Também faria sentido neste blogue, mas isso muita gente já sabe.

Anita Silva disse...

Que sono, que sono me dás anónimo...

Eu pedófila, eu lixo, eu o que tu queres que eu seja, vou dormir sobre o que tu falas... porque só isso eu sou capaz de fazer sobre o que escreves...

dormir.

Anita Silva disse...

sobre ti e sobre o mundo invisível dos homens, também.

Sobre os amantes de ideias-fantasma.

Anita Silva disse...

e vivam os que erram a escrever palavras, mas que não erram no seu sentido e na Vida.

Esses sim, eu os amo.

Anónimo disse...

O lixo era o post, tu apenas és tola e sexualmente frustrada.

Anónimo disse...

Tens alguma coisas contra os "homens"? É por isso que andas sempre com a "criança" na boca?

Anónimo disse...

"Amas" tanto. É algo intelectual ou já nasceste assim?

Anita Silva disse...

Não te preocupes tanto comigo que eu não o faço por ti nem por ninguém. Cada um é capaz de cuidar de si.

Anónimo disse...

Há quando tempo "dormes", só e em pé?

Anónimo disse...

A sério? Pensava que eras um coração religioso e preocupado. Afinal não. És apenas mais um fantasmazinho, desesperadamente a precisar de "carinho".

Anónimo disse...

Muda de vida Anita. O lesbianismo travestido de moral religiosa pode ser redimido com um namorado surfista.

anónino2 disse...

LOLLLLLLLLLLLLLLLLLL, o que eu ando a perder.